Especiais

Estrela de A Usurpadora estará no Brasil dia 16. Relembre a novela

A atriz venezuelana Gabriela Spanic, mundialmente conhecida por interpretar as gêmeas Paola e Paulina na novela mexicana A Usurpadora, vai estar no Brasil entre os dias 16 e 17 deste mês. O motivo da visita é a realização de encontros com fãs. Os eventos, chamados de convivências, vão acontecer no Rio de Janeiro e em São Paulo. Para participar, é preciso ter ingresso.

 

Paulina Martins e Paola Bracho (Gabriela Spanic) em A Usurpadora. (Foto: Blasting News).
Especiais

O autor Walcyr Carrasco, suas obras e a interação com o público

Oi, pessoal, tudo bem? Peço licença para compartilhar uma experiência pessoal pela qual passei e aproveitar para falar um pouco sobre um dos mais renomados novelistas brasileiros.

Na última quinta-feira, dia 23, foi comemorado o Dia Mundial do Livro. E eu, além adorar ver novelas e falar/escrever sobre elas, também gosto muito de ler bons livros. Ah, e foi o gosto pelas novelas que me levou a querer ser roteirista e a começar a me aventurar por esse caminho. Mas esse é outro assunto.

Retomando:  Então, na quinta, postei no meu Instagram uma foto do livro “Estrelas Tortas”, escrito por Walcyr Carrasco. Escolhi este livro porque a história é linda e porque foi através dele que comecei a conhecer e a acompanhar as obras desse grande autor, que é hoje um dos grandes nomes da teledramaturgia brasileira.

 

Estrelas Tortas, livro de Walcyr Carrasco (Foto: walcyrcarrasco.com.br)
Aniversário

Duas décadas na telinha: Malhação completa 20 anos no ar

Na semana em que comemora seus 50 anos de fundação, a Rede Globo tem outra marca a celebrar: Os 20 anos da novela Malhação.

 

Atores que marcaram Malhação comemoram os 20 anos da novela. (Foto: Extra).

O primeiro capítulo da novela foi exibido em 24 de abril de 1995. Ao longo de duas décadas ininterruptas, Malhação teve temporadas que trataram sobre os mais diversos assuntos e lançaram atores hoje consagrados no meio artístico. Cauã Reymond, Bruno Gissoni, Nathalia Dill e Marjorie Estiano são alguns dos nomes que despontaram nacionalmente graças à novela.

Além de revelar grandes artistas, Malhação também leva o mérito de ter eternizado personagens na memória do público. Impossível não associar Malhação ao personagem Mocotó, vivido por André Marques, ou lembrar o ator Sergio Hondjakoff pelo Cabeção, não é mesmo?

Hoje, 20 anos depois da estreia, Malhação continua firme e forte. A atriz Isabella Santoni, que interpreta a personagem Karina na atual temporada, levou o prêmio de atriz revelação no Troféu Imprensa 2015. Na mesma premiação, os internautas elegeram Malhação como melhor novela. Diante de tamanho sucesso, o que temos a dizer é: Parabéns, Malhação!

Especiais

As curiosidades de Que Rei Sou Eu?

A morte de Antônio Abujamra, ocorrida nesta terça (28), reavivou na memória dos noveleiros de plantão a lembrança da novela  Que Rei Sou Eu?, onde o ator interpretou o vilão Ravengar. O personagem, que era o principal conselheiro do rei e da rainha, é considerado o mais marcante da carreira de intérprete de Abujamra, que era também diretor de teatro. O ator tinha 82 anos e sofreu um infarto.

 

Antônio Abujamra como Ravengar (Direitos de Imagem e CopyRight: TV Globo)
Aniversário

Maior gigante mundial de novelas faz aniversário com novas produções a caminho

Foto: Reprodução

Hoje o dia é de festa para a emissora reconhecida como produtora das melhores novelas do mundo. Fundada em 26 de abril de 1965, a Rede Globo de Televisão comemora hoje meio século de vida. Ao longo de 50 anos, quase 300 novelas foram produzidas e exibidas em todo o território nacional. A Globo é também exportadora de telenovelas para todo o planeta. Avenida Brasil, produzida pela emissora em 2012, é considerada hoje a novela mais vendida no mundo.

Estreia

Por que falar de novela?

Olá, queridos leitores! Sejam bem-vindos a este blog que acaba de nascer!

Como estamos começando hoje, vou explicar por que decidi fazer um blog para falar sobre novelas. O primeiro motivo, claro, é o fato de eu amar novelas. Assisto desde sempre, desde que me conheço por gente. É uma missão difícil achar uma novela brasileira que tenha sido veiculada em um passado recente cujos capítulos eu não tenha acompanhado pelo menos em parte.

A segunda razão que me fez resolver criar este blog é a certeza de que existem Brasil e mundo afora muitas outras pessoas como eu, apaixonadas por novelas. E nós, noveleiros de plantão, estamos sempre querendo saber mais sobre tudo que envolve esse universo mágico. O que vai acontecer no fim da novela que está na reta final? Qual será o enredo da próxima? Quem será o autor? Quem está no elenco? E por aí vai.

A terceira motivação para o nascimento do Território da Novela é a importância, tanto em termos nacionais quanto mundiais, que a telenovela possui. São milhões e milhões de pessoas que ligam todos os dias as suas televisões em casa para assistir ao menos uma novela. É o que podemos chamar de um grande produto, responsável pela geração de uma quantidade imensa de empregos e receita. E a novela vai muito além do entretenimento. Meu trabalho de conclusão do curso de jornalismo tratou disso. Explico: A telenovela muitas vezes levanta temas que acabam por gerar um grande impacto na sociedade. Quem tem pelo menos vinte e poucos anos e não se lembra das campanhas de doação de medula óssea feitas na época da novela Laços de Família, escrita por Manoel Carlos e exibida pela Rede Globo entre os anos 2000 e 2001? Segundo dados que apurei na época do meu trabalho, em 2006, O Instituto Nacional do Câncer (INCA) registrou um gigantesco aumento das doações voluntárias de medula durante o período em que a novela ficou no ar. As doações saltaram de 20 para 900 por mês. Além de ter ficado marcado na história da nossa dramaturgia, o drama da personagem Camila, vivida pela atriz Carolina Dieckmann, mobilizou o país.

Edu (Reynaldo Gianecchini) e Camila (Carolina Dieckmann) em Laços de Família (Direitos de Imagem e CopyRight: TV Globo).