Especiais

Julgamento de Vinicius reforça o talento da equipe de O Outro Lado do Paraíso

Direitos de Imagem e CopyRight: Rede Globo.

Oi, pessoal, tudo bem? Quem é noveleiro sabe que, depois do capítulo desta terça-feira (20) de O Outro Lado do Paraíso, não poderíamos comentar outro assunto aqui no blog que não fosse o julgamento do delegado Vinícius ( Flávio Tolezani), não é verdade?

Pois é, queridos leitores! Bombástica. Não há palavra melhor para definir toda a sequência em que o padrasto pedófilo de Laura (Bella Piero) terminou condenado pelos abusos que cometeu contra a jovem quando ela tinha apenas oito anos de idade.

O texto certeiro do autor Walcyr Carrasco foi interpretado com genialidade por todo o elenco envolvido. Tolezani e Bella, irretocáveis. Ela dividindo com o público o sofrimento extremo de sua personagem. Ele incorporando com perfeição o cinismo e a frieza de um verdadeiro psicopata, que, ao perceber que tudo está perdido, não só confessou seus crimes como ironizou os atos.

Como não falar também do brilho de Thiago Fragoso na pele de Patrick Junqueira, o advogado herói que, depois de encontrar a testemunha vital para a revelação da verdade, conduziu os interrogatórios com a competência necessária à dramaticidade do caso. Confesso a vocês, amigos que acompanham o Território da Novela, que, ao ver Fragoso atuando em cenas no tribunal, esqueço-me completamente de que se trata de um ator e não do melhor criminalista do país, posição do personagem.

A incrível interpretação de Sandra Corveloni, a Lorena, convenceu o público do genuíno arrependimento da mãe que, cega pela paixão por um crápula, não enxergava os fatos que aconteciam em sua própria casa e taxava a filha abusada de louca e doente. Foi de arrepiar ver a “ficha” de Lorena caindo a cada revelação feita ao longo do julgamento. E, chegado o momento de depor, mostrou que finalmente havia aberto os olhos. Vale citar que um dos grandes “empurrões” que Lorena recebeu foi o fortíssimo depoimento de Tiana (Ilva Niño), a ex-funcionária de sua casa que sabia que Laura tinha o padrasto como algoz. A participação da veterana atriz na sequência que decretou a condenação do delegado Vinícius foi mais uma luxuosa colaboração para o espetáculo dramatúrgico que foi ao ar. É vital exaltar também o trabalho da direção de O outro Lado do Paraíso. Certamente, para que tudo saísse como vimos, foi necessário um comando ao mesmo tempo sensível e firme.

Em resumo: Valeu a pena acompanhar o julgamento do delegado Vinícius em O outro Lado do Paraíso! Para quem perdeu ou quer rever,nós deixamos um gostinho. É só clicar no link a seguir para ver o depoimento do pedófilo da novela das 21h da Rede Globo. Beijos a todos e até o próximo post

!https://globoplay.globo.com/v/6519103/

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *